Edivaldo Santos: ALFINETADAS

terça-feira, 26 de abril de 2011

ALFINETADAS

Os cantores e pregadores dos palcos gospel: Verdadeiros adoradores e grandes artistas gospel?

No livro sagrado escrito pelo apóstolo João, no capítulo 04 e versículo 24 diz: “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”. Nós estamos vivendo numa era onde está mais fácil encontrar artistas gospel que encontrar verdadeiros adoradores. Infelizmente, a fome e a sede da fama, do poder e de ganhar muito dinheiro, têm penetrado nos corações de muitos cantores e cantoras gospel e pregadores, tornando-os falsos e hipócritas na hora de interpretar letras preciosas e ministrar mensagens as quais chamam á responsabilidade para a verdadeira adoração e ao compromisso de uma vida santa e na presença de Deus contra a exploração do santo evangelho do Senhor Jesus. O diabo tem conseguido êxito nesta área e tem colocado na cabeça e no coração de muitos deles o desejo de ganhar muito dinheiro e muita fama ao ponto de chegar a perder a essência do verdadeiro louvor a Deus porque estas coisas tornam-se barreiras e obstáculos para que um servo desses chegue a uma igreja para louvar ao Senhor e ganhar almas para o reino Dele. 


Parece que eles se esquecem do que está cantando ou pregando quando a letra da música fala uma coisa e na realidade eles cantam, pregam e agem de outra completamente diferente abrindo assim uma porta para o entendimento á prática da falsidade e da hipocrisia. Muitos desses cantores que se dizem ser evangélicos estão tão grandes e caros que já não cabem mais nas igrejas, nos templos ou nos hotéis das pequenas cidades, ou até mesmo de porte médio. Há quem diga que este procedimento é uma forma de valorizá-los. Sim, muito bem, concordamos sim com a valorização, pois entendemos que se a pessoa própria não se valorizar ninguém fará isso por ela. A valorização é justa e compreensível. O que não é justo são os absurdos, os abusos e a exploração do santo evangelho do Senhor Jesus, cometidos por muitos em nome de Deus e terminam enganando os mais simples e os menos esclarecidos.



Seus cachês são tão altos que as igrejas pequenas e de porte médio já não tem o privilégio de tê-los louvando ao Senhor em um dia de culto, só as mais ricas igrejas as quais tenham muito dinheiro em caixa, podem ter este privilégio e olhe lá. Na realidade eles só estão cabendo mesmo nos clubes, nas praças e em casas de shows em eventos patrocinados pelas prefeituras da cidade, ou em eventos promovidos por produtores de eventos gospel onde são cobrados ingressos que chegam a custar 30 reais por pessoa para cobrirem as despesas do evento e sobrar também à parte do produtor, que, aliás, tem muita gente enchendo o bolso com estes movimentos, comprando carro novo e engordando as suas contas bancárias com a realização desses eventos. As igrejas de porte médio e muito menos as pequenas não podem convidá-los para seus eventos, por não aguentarem pagar os cachês que são caros e muitos deles chegam a custar até 60 mil reais, isto sem contar com as exigências absurdas e exorbitantes como: carros importados com ar condicionado e frigobar para locomoção do cantor dentro da cidade, hotel cinco estrelas, camarins luxuosos com direito a comidas, bebidas, toalhas personalizadas com o nome do cantor e muito mais. 



Daí surgem duas perguntas: Estes maus exemplos citados e outros são realmente exemplos ou procedimentos dos verdadeiros adoradores, que adoram a Deus em espírito e em verdade? Ou são de verdadeiros e bons artistas com o nome de gospel ou evangélicos? Sinceramente, procedimentos como estes levam a responder a segunda pergunta e nos mostram a realidade de que estamos diante de verdadeiros e bons artistas gospel que sobem num palco para por em prática o seu poder e a sua capacidade de um bom profissional, e com uma emocionante ministração em nome de Deus, chegam até tirar lágrimas dos olhos de muitas pessoas que ali estão deixando-as sensibilizadas e emocionadas. São pessoas que tem o poder de persuasão e que sabem animar e levantar a galera ao ponto de levar muitos ao delírio e ao êxtase. Eles têm o poder da oratória, tem o domínio de palco e sabem muito bem conduzirem estes requisitos de um bom profissional que são. 



Sem sombra de dúvidas nestes eventos, muitos dos que ali estão presentes para lhes prestigiarem, são pessoas inocentes, verdadeiros servos de Deus que na realidade não conhecem os bastidores e não sabem o que acontece por traz de todos estes movimentos. São pessoas que pagam seus ingressos, vão lá com o coração aberto para louvar e adorar a Deus e terminam louvando e adorando ao Senhor de Verdade e de coração. Mas os artistas gospel só sobem no palco depois que o dinheiro do cachê estiver todo na conta e depois que o contrato contendo uma serie de exigências absurdas estiver assinado. Se estiver faltando um centavo eles não sobem no palco e nem sequer está ai para aqueles que com muito esforço porem com muito prazer e satisfação compraram ingressos para irem lhes prestigiarem e lhes aplaudirem.



Que Deus tenha misericórdia dessas pessoas e lhes façam entender que com Ele não se brinca. Muitos estão brincando com Deus a quem lhes deu à vida, a saúde, a bela voz, o bonito e maravilhoso dom do louvor. Muitos desses vieram do nada, vieram do pó, da cinza, não tinha nada, eram pobres necessitados financeiramente, viviam humilhados e desprezados nas igrejas pedindo uma oportunidade para cantar, outros não tinham onde morar, dormiam no chão e passavam tremendas provas e desertos na vida, mas Deus os levantou, deu-lhes a oportunidade de gravar seu CD, lhes fez cair na graça do povo, lhes exaltou e os colocou em lugar de honra, deu-lhes uma carreira brilhante ao ponto de serem reconhecidos nacionalmente e internacionalmente. Mas depois que Deus os levantam, honram e lhes dá a oportunidade de serem amados, admirados e reconhecidos por todos, ai deixam o poder, a fama e o dinheiro subirem para a cabeça e para o coração e desprezam a bondade e a misericórdia de Deus para com as suas vidas.



Mas quando Deus resolve agir, Ele age mesmo e a queda deles será grande. Devemos lembrar que o mesmo Deus que dá é o mesmo que tira. Não devemos esquecer que a vida é como uma roda gigante a qual sobe e desce.

Para encerrar vai ai a letra de hino que retrata a semelhança da vida com a roda gigante:


A RODA GIRA.

A vida é uma caixa de surpresas, tem nela alegrias e tristezas
Tem dois lados, tem riqueza, tem pobreza.
Semelhante a uma roda gigante, a qual gira, gira, gira, sobe e desce
Nela estamos e tem gente que ainda disso esquece
Mas é bom ficar atento pra o que eu vou lhe dizer
Nesta vida, quem subiu pode descer
Quem ganhou a vida toda, também pode até perder
Quem perdeu pode ganhar, quem desceu pode subir.

Refrão
A roda gira, gira, gira, gira, gira, meu irmão tenha cuidado pra você não se perder
É assim que é a vida, quem perdeu pode ganhar, quem subiu pode descer.
Hoje pode está triste amanhã pode sorrir, hoje é um felizardo, amanhã um infeliz
Hoje pode estar no trono, amanhã ser derrubado
Hoje o pobre derrotado, pode um rico herói, campeão vencedor.

Por Edivaldo Santos.


=====================================================================




Rede Globo e Record: As emissoras que mais agridem a fé cristã.



Segundo uma enquete feita recentemente pelo portal Guiame, as emissoras Globo e Record ganham disparadamente segundo respostas dos internautas. O portal perguntou: Qual canal de televisão que mais agride a fé cristã? Cento e vinte três pessoas votaram e deu o seguinte resultado:

1 - Globo: 60,98% (75 votos)
2 - Record: 24,39% (trinta votos)
3 - Rede TV 6,50% (oito votos)
4 - SBT: 4,88% (Seis votos)
5 - Outros: 2,44% (três votos)
6 - Band: 0,81% (um voto)

O inimigo número um da fé cristã e dos preceitos bíblicos, Rede Globo aparece em primeiro lugar com 75 votos, significando 60,98% na opinião dos que votaram na enquete. Não podia ser um resultado diferente, pois uma emissora que faz alusão e apologia ao homossexualismo, lesbianismo, adultério, desobediência, violência e muitos outros, só pode ser realmente uma agressora á fé cristã e aos princípios bíblicos. As novelas da Rede Globo são verdadeiras e gabaritadas escolas para uma esposa aprender a trair seu marido e vice-versa, é uma excelente escola para filhos aprenderem a desobedecer aos pais e tornarem-se violentos. É uma verdadeira e potencial vitrine para expor a nudez feminina e explorar a sensualidade, sem contar o racismo que ela e outras cometem.

São novelas que trazem péssimos exemplos os quais denigrem, destroem e destroçam a família. Elas não ajudam, não contribuem e nem edificam em nada a família e a fé cristã. São nocivas aos pais e aos filhos e principalmente as crianças, e a prova disso é que um dos seus atores conhecidíssimo pelos seus papeis desenvolvidos em diversas novelas da platinada que atualmente está em uma delas, Kadu Moliterno há anos atrás declarou em entrevista ao Jornal Notícias Populares do estado de São Paulo que seus filhos eram terminantemente proibidos de assistir as novelas da emissora por não trazer bons exemplos para eles.

O Big Brother Brasil na sua 12ª edição, já provou pra que vem e pra que serve. O reality show realizou produzido, digrido e apresentado pela Rede Globo é o que eu chamo o pior lixo e a imoralidade da TV brasileira, mais garante um bom faturamento para a empresa sem contar o alto índice no IBOPE. O programa assim como as novelas, também não produzem nada de bom de maneira que venha edificar, dignificar, exaltar ou ajudar as famílias. Muito pelo contrário, a sua maior preocupação é o seu faturamento e o IBOPE que ele produz e por esse motivo chega a expor a nudez, o sexo ilícito e explicito no horário nobre da TV aberta, a liberalidade, a pornografia, muita festa, muito luxo, bebedeiras levando os seus participantes a total estado de embriagueis ao ponto de perder o sentido e a noção das coisas. Foi o que ocorreu recentemente na madrugada do domingo dia 15 de janeiro de 2012, Após uma festa regada a muita bebida na noite de sábado a qual causou embriagueis deixando uma das participantes por nome Monique fora de si, sem sentido e sem noção das coisas, segundo relatou no seu próprio depoimento e que resultou na expulsão do modelo Daniel, acusado de estuprar á sister Monique enquanto dormia. O caso foi parar na 32ª delegacia de polícia do Rio de Janeiro, onde o delegado Antônio Ricardo Nunes ouviu os dois participantes do reality envolvidos na suspeita de abuso sexual na manhã de terça feira (17).

Confira abaixo o que Monique comentou sobre o suposto abuso de Daniel em conversa no Confessionário e que foi publicado no site Famosidade. Vale registrar que não é possível ouvir no tal áudio as perguntas feitas à sister!

Reprodução
Depoimento de Munique no Confessionário

“O que eu lembro tá? Eu saí da festa, eu lembro que tinha comentado com ele [Daniel] que ia deitar com ele. Voltei, tomei um banho, lembro que eu coloquei a camisola, deitei, e estava a Bah [Laisa] e Yuri na outra cama. Eu deitei na outra cama. A gente se beijou. Eu me lembrava de um beijo, mas ele disse que foram dois. E a gente só passou a mão um no outro, e realmente é só isso que eu lembro.
A gente passou mão um no outro, eu fiquei com tesão. Eu lembro que eu dei um pulo da cama, tipo, para o outro lado, o contrário dele e falei: 'Para, chega, chega'. Nisso o Rafa chegou, eu falei: 'Vamos dormir, deita aí'. Ele saiu, não sei se foi tomar banho. O Daniel me falou que ele foi procurar outro lugar pra dormir e logo em seguida ele voltou, e deitou com a gente. Eu lembro que eu dormi e acordei com o Daniel na outra cama. E o Rafa deitado ali comigo. É isso que eu lembro. Eu me lembro apenas do Rafa deitando e eu dormindo. Eu dormi. Não me lembro de mais nada. Eu juro por tudo quanto é mais sagrado. Na hora que o Rafa deitou, eu capotei.
Eu deitei sem o shortinho, eu acho. Eu acho que tirei o shortinho e acordei sem o shortinho. 
Mas assim. Eu só me lembro que eu tava me arretando com ele. A gente passou a mão, coisa e tal. E o Rafa chegou. Isso eu me lembro que o Rafa chegou e aí eu falei: 'Rafa, deita aqui'. E ele saiu, aí a gente continuou. Aí eu falei: 'Meu, o Rafa está chegando, está chegando. Deu, chega'. Aí ele deitou. Na minha cabeça, eu não me lembro de um momento de nós três na cama. Eu capotei, apaguei. E eu lembro que acordei eu, o Rafa, ainda levantei a cabeça e vi que o Daniel estava na cama da frente. 
Só se ele tivesse a capacidade de ter feito sexo comigo dormindo. Porque eu não me lembro de nada de sexo. Me lembro só de mão naquilo, aquilo na mão, eu com muito tesão, eu falando pra ele sair e o Rafa chegando. Agora, sexo não. Pô, só se ele for muito mau caráter de fazer dormindo, entendeu?"

De acordo com o depoimento dessa mulher entende-se e percebe-se a que ponto a TV brasileira chegou e com especialidade a platinada Rede Globo que já promove esse tipo de absurdos há muito tempo. O programa é tão baixo que o próprio apresentador Pedro Bial já declarou que não assiste o reality e debocha dizendo que o programa é pra zé mané

Para você entender, acompanhe o diálogo que saiu impresso na Veja, edição 2252, entre Pedro Bial e José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, pai do Boninho, que dirigi o BBB. Bial: Gosto de ver coisa ruim na TV. Boni: Então você assiste o BBB. Bial: Eu não assisto porque não gosto de me ver. Mas, para domar o formato, tive de me despir da condição de jornalista e ser um Zé Mané junto com os outros. Sobre a resposta final do Bial, a Veja não deixou por menos. Ao comentar sobre o Zé Mané, presente na sua resposta ao Boni, a revista afirmou que ele estava dando nome aos que participam e assistem ao programa. Veja a forma discriminativa com a qual eles tratam as pessoas que participam e que assistem. Isto é um absurdo e sociedade deveria se despertar para estes tipos de absurdos e descriminação a milhões de telespectadores espalhados pelo Brasil.

A emissora do bispo Macedo, a Rede Record que aparece em segundo lugar na pesquisa com 24,39% não faz muita diferença em relação à Rede Globo. Suas novelas também são nocivas a família, pois as mesmas incitam as crianças a desobedecerem aos seus pais, e induzem aos casais á prática do adultério sem contar com as fortes senas de violências. A emissora já declarou através dos seus dirigentes e diretores que está na luta pelo primeiro lugar na audiência. A sua luta, a sua batalha é para passar a Globo e tomar o seu lugar, e eu acho que quando se entra numa corrida ou numa luta dessas é capaz de fazer qualquer coisa para alcançar o seu alvo e objetivo, e ai se explica a Record se nivelar a Rede Globo com suas novelas nocivas às quais não contribuem em nada para a edificação das famílias.

Os dízimos e ofertas dados pelos fieis da igreja universal tem tomado rumos diferentes do que a bíblia diz para que eles sejam. Tem sido para financiar a imoralidade, propagar e promover homossexualismo, e muitas outras práticas que são abomináveis aos olhos de Deus. Os dízimos que deveriam ser empregados para ajudar aos órfãos e as viúvas têm patrocinados novelas que induzem filhos desobedecerem aos pais, à prática do homossexualismo, a nudez, e a patrocinar reality show onde mulheres ficam seminuas a exemplo de “A Fazenda” que diferente do BBB só tem o nome, o local, a emissoras e os participantes que uns são “Brothers” e outros são “Fazendeiros”. Mais o estrago que um causa o outro causa também.

A Record pelo fato de ser uma emissora comandada por evangélicos e por parte dela ser mantida e patrocinada com os dízimos dos fieis, deveria ser diferente, deveria ajudar a sociedade recuperando e edificando vidas e famílias destroçadas e denigridas, deveria ser a real e verdadeira representante do povo evangélico, mais, no entanto isso não tem acontecido e o que realmente acontece é o contrário onde tem usado o espaço para denigrir a fé cristã, falar mal o povo de Deus, Acusar e julgar cantores, pastores, criticar os evangélicos, dizer que esse ou aquele está endemoniado e comparar os evangélicos pentecostais com a macumbeiros.

A Globo percebendo que o Edir Macedo é contra os evangélicos e não é o verdadeiro representante deles começou a abrir as portas para eles na sua grade de programação usando os cantores gospel. Mas o interesse da Globo nessa história não é porque ela gosta dos evangélicos, não é porque gosta da música gospel e nem tampouco porque quer ajudar os crentes a evangelizar. Isso acontece por dois motivos: 1° porque a música gospel hoje dar dinheiro e dar Ibope, 2° porque descobriu que o bispo Edir não é o representante dos evangélicos e quer dessa forma agradá-los a fim de conquistar o seguimento de uma forma mais abrangente.

Mas de qualquer forma, querendo ou não, intencionada ou não, a Rede Globo está também pregando o evangelho. O apóstolo Paulo já falou sobre isso quando ele escreveu a carta aos Filipenses no capítulo 1 dos versos 15 á 18 dizendo: “Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, outros de boa mente; uns por amor, sabendo que fui posto para defesa do evangelho; mas outros, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição as minhas prisões. Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento, ou em verdade, nisto me regozijo e me regozijarei ainda”.
Povo de Deus vamos nos despertar e não vamos permitir que estrangeiros venham roubar a nossa força como aconteceu com Efraim. Leia no livro de Oseias capítulo 7 e confira o que aconteceu e fique esperto para não acontecer com você.

Por Edivaldo Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minhas Canções: Uma lista de reprodução com 35 vídeos com as minhas canções para você

Postagens mais recentes